Dieese lança campanha de contribuição solidária

Compartilhe este conteúdo

Resistência a atual conjuntura é meta da campanha

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) deve intensificar nos próximos dias a Campanha de contribuição voluntária de pessoa física, visando a manutenção do trabalho da entidade no Brasil.

O objetivo é viabilizar o desconto mensal mínimo de R$ 10,00, via Boleto bancário, através do acesso à página eletrônica do Dieese Nacional. O assunto foi exposto pela primeira vez pelo supervisor técnico do Dieese em Santa Catarina, economista José Álvaro Cardoso, durante reunião de representantes das entidades sindicais que negociam o reajuste do Piso Salarial Estadual, realizada no dia 21 de janeiro, na Fecesc, em Florianópolis.

“Para nós, é importante que essa contribuição seja contínua, mesmo que pouca, de forma a financiar o Dieese”, explica José Álvaro, “já que as despesas com salários, transporte, energia elétrica, etc, vêm todo mês”. No momento, se a pessoa quiser fazer uma doação individual para o Dieese, basta acessar a página da instituição na internet (www.dieese.org.br).

A partir da Campanha, a intenção é tornar a contribuição regular. “Sabemos que tem muita gente que quer contribuir, tem condições, mas falta oportunidade. Se a pessoa quiser doar algum dinheiro, assim como contribui com a igreja, para o seu time de futebol, para outras entidades sociais, esse valor será descontado todo mês para uma instituição com a credibilidade do Dieese”, argumenta José Álvaro.

“A sugestão é de uma contribuição mínima de R$ 10,00, assim, um trabalhador que ganha a média salarial brasileira, teria condição. Mas pode ser maior, de R$ 15,00, R$ 20,00 ou mais”. O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) foi criado em 22 de dezembro de 1955, tendo completado recentemente 64 anos de rica existência.

O Departamento surgiu em razão da necessidade de os trabalhadores disporem de uma instituição de pesquisa e assessoria, que conseguisse enfrentar com consistência técnica a argumentação dos patrões e de seus representantes. “O Dieese não dispõe de patrimônio material. Seus ativos mais importantes são intangíveis: formação de quadro técnico comprometido com a verdade e credibilidade da sua produção”, finaliza José Álvaro.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *