Trabalhadores elegem Deunézio Jr para Conselho da Eletrosul

Compartilhe este conteúdo

Linha Viva entrevistou conselheiro eleito pelos trabalhadores

Os trabalhadores da Eletrosul elegeram na última semana o empregado Deunézio Cornelian Júnior para representá-los no Conselho de Administração da Empresa. Com 493 votos no segundo turno, Deunézio terá um cenário bastante complexo pela frente, com ameaças de privatização e ataques aos trabalhadores.

A equipe do Linha Viva conversou com o conselheiro eleito, questionando sua visão do momento atual e a importância de uma representação efetiva dos trabalhadores no Conselho de Administração da empresa.

Entrevista com Deunézio Júnior

LV – COMO VOCÊ ENXERGA O ATUAL MOMENTO DA ELETROSUL?

DEUNÉZIO JÚNIOR – A Eletrosul passa por um momento muito delicado ou mesmo caótico, em grande parte forjado pelo governo Temer e continuado pelo atual. Além do fantasma da privatização que vem assombrando as empresas Eletrobras, temos uma questão mais urgente que merece nossa atenção: a injustificada incorporação da Eletrosul pela CGTEE. Esta tomada de decisão que impacta sobremaneira a vida da Eletrosul e de seus empregados(as), me parece descabida na forma que vem sendo apresentada. Há outras saídas para a unificação entre as duas empresas, mas que não estão sendo colocadas à mesa para discussão.

A hipotética utilização dos créditos tributários existentes para a CGTEE, não pode ser o mote principal para esta decisão precipitada. Podemos incorrer numa penalidade por evasão fiscal e as duas empresas saírem prejudicadas. Também gostaríamos de ter a garantia de que após a reforma da termelétrica Candiota III, ela funcionará com capacidade ótima e proporcionará uma receita adequada. Por que não esperar para temos certeza de que isso acontecerá? Outro assunto que nos preocupa muito é a perda de receita em consequência da Revisão Tarifária.

Esperamos que seja obtido êxito nas condições propostas junto a ANEEL para diluir em maior prazo a perda de receita. Nestes termos, vejo e entendo que temos que lutar para manter a Eletrosul viva, saudável e que possam ser tomadas decisões que contemplem possibilidades de voltar a investir em novos negócios.

LV – NESTE CONTEXTO, QUAL O PAPEL DO REPRESENTANTE DOS EMPREGADOS NO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA EMPRESA?

DJ – O papel de um conselheiro numa empresa pública, sendo ele indicado pelo acionista ou eleito pelos empregados(as), é de respeitar e defender o interesse público, o interesse do cidadão. Aqui então se faz necessário ter a capacidade de interpretar qual seja o interesse público aplicado ao microcosmo Eletrosul. No contexto já desenhado, entendo ser de interesse público manter o bem público (energia) seguro e pertencente ao Estado e para isto a Eletrosul não pode e não deve ser privatizada. Todo empenho do conselheiro eleito será aplicado para manutenção da Eletrosul pública.

Embora a decisão seja governamental, articulações com parlamentares e entidades representativas dos trabalhadores(as), por exemplo, fazem parte do papel do conselheiro, na busca de preservar o interesse público. Situação semelhante se aplica à incorporação da Eletrosul pela CGTEE. O conselheiro deve, além de defender o interesse público, apontar os riscos a que se sujeita a Empresa e consequentemente seus empregados(as). O papel do conselheiro é complexo e vasto, vai para além de colaborar nas diretrizes do negócio e fiscalizar os atos da Diretoria. Compreende uma contínuo processo de tomadas de decisões a partir de análises profundas de riscos para manter a sustentabilidade da Empresa e de tudo e todos(as) que fazem parte dela ou que pertencem a sua cadeia de valores.

O conselheiro deve ser, ao mesmo tempo, um questionador, um provocador e um propositor permanente sobre todos os assuntos afetos ao Conselho, principalmente aqueles que atingem direta ou indiretamente a vida de seus representados. Vale lembrar que, embora as decisões sejam pessoais, elas devem ser embasadas no compartilhamento de informações entre o conselheiro e os demais empregados(as) e precisa do apoio de todos(as) para serem dados os melhores encaminhamentos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *