Proposta de mediação do ACT ainda não foi publicada pelo TST

Compartilhe este conteúdo

Trabalhadores também aguardam pagamento da PLR 2018, que ainda não tem data definida

O Coletivo Nacional dos Eleticitários (CNE) continua aguardando a publicação da proposta de mediação do ACT 2019 nos autos do Processo de Mediação pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). O ACT teve os protestos judiciais deferidos mais uma vez pelo Tribunal no dia 07 de agosto assegurando por mais 30 dias a manutenção da data-base da categoria, o que na prática prorroga o acordo atual até o final deste mês e ainda garante que quando fechadas as negociações, ou em eventual julgamento de dissídio, as novas condições se apliquem retroativamente a maio, período original da data-base. Após conhecer a proposta oficial nos autos do processo os sindicatos devem encaminhar para deliberação das assembleias.

Paralelamente ao desfecho do ACT, o pagamento da PLR2018 também permanece indefinido, no entanto, algumas informações foram prestadas pelo Diretor de Gestão e Sustentabilidade da Eletrobras, Luiz Augusto Figueira ao Sintergia-RJ e a Associação de Empregados da Eletrobras (AEEL). Segundo o Diretor, a Eletrobras está em vias de finalizar as tratativas junto à Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST) para então submeter a aprovação do Conselho de Administração. Os sindicatos tem a expectativa de que o pagamento possa ocorrer ainda no mês de agosto ou setembro.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *