Notas curtas

Compartilhe este conteúdo
  • Trabalhadores da Administração Central da Celesc têm buscado o Sinergia para questionar qual a motivação da empresa em trocar os móveis atuais, que são relativamente novos, por móveis ainda mais novos. “Para que trocar um móvel novo, que não tem defeito algum, que está perfeito e atende as necessidades dos trabalhadores, por um mobiliário que será pior que o mobiliário atual?”, questiona um trabalhador. Outro também pergunta: “Por que nos Núcleos e em lojas de atendimento é tão difícil fazer uma reforma pequena, uma melhoria qualquer, e na Administração Central querem trocar algo que está perfeito?” Na rádio peão, as novas mesas de trabalho foram apelidadas de “mesão Criança Esperança”, por se parecerem com as mesas do programa de TV, em que artistas ficam lado a lado atendendo telefonemas.

  • Na terça-feira, dia 17, foi realizada a 3ª rodada de negociação do ACT 2022/23 da Eletrobras. A proposta da empresa evoluiu, mas está longe do que os trabalhadores merecem, pois estão oferendo apenas 50% da inflação, diante de um histórico de lucros nos últimos quatro anos. Além disso, é preciso mobilização dos trabalhadores, visando frear o ataque a cláusulas importantes para a categoria, como a garantia de não demissão em massa. Foi definida, na ocasião, que uma nova rodada de negociação será realizada em 31 de maio, próxima terça-feira. A Intersul espera que a empresa apresente proposta digna para os empregados, pois é inadmissível que os trabalhadores, responsáveis por lucros sucessivos na empresa, sejam tratados desta forma e os gestores da empresa passem a receber RVA – Remuneração Variável, que pode chegar a até 12 remunerações no ano, se concretizado o processo de privatização da Eletrobras.

  • Não custa relembrar: todo o desgastante processo de resistência ao projeto de privatização da Eletrobras tem relação direta com as eleições de 2018. Novamente estamos perto de um processo eleitoral. Votar para o Executivo e para o Legislativo em quem defende as pautas dos trabalhadores e as empresas públicas é nossa tarefa – independente de cor partidária.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *