Negociação do ACT-2019 ainda emperrada

Compartilhe este conteúdo

Proposta formal da Eletrobras deve ser enviada ao CNE no dia de hoje

O Coletivo Nacional dos Eletricitários esteve no dia 04/06 reunido com a Direção da Eletrobras, na 5ª rodada de negociações para o Acordo Coletivo de Trabalho. De início, como anunciado desde a rodada anterior, a proposta da empresa que retira do ACT cláusulas importantes, e que já foi rejeitada pelos trabalhadores em assembleias.

Na presença do Diretor Administrativo da Eletrobras, Luiz Augusto Pereira de Andrade Figueira, o CNE reafirmou a disposição dos trabalhadores que esperam uma proposta concreta que não se resuma ao corte de direitos e benefícios conquistados ao longo de anos. O Diretor se disse empenhado, mas ainda vê muitas dificuldades em várias clausulas. Esta postura da empresa fica bem clara, quando se observa os sucessivos comunicados que a Eletrobras tem feito diretamente aos trabalhadores, onde demonstra o que pensa, de fato.

Os comunicados têm deixado claro que a Eletrobras não tem intenção de ceder quanto à retirada de garantias e redução dos benefícios existentes. No entanto, após amplas discussões na mesa de negociação, o Diretor se comprometeu em enviar, até o dia 05/06, uma proposta formal. Para o CNE, uma nova prorrogação do ACT atual é imprescindível, pois diante de um cenário tão desafiador para a construção de um ACT que atenda os anseios dos trabalhadores, não se pode negociar sob a pressão imposta pelo término de vigência do ACT atual.

O CNE aguarda a formalização da proposta, contemplando inclusive a possibilidade de nova prorrogação das cláusulas, para poder avaliar os novos passos e o encaminhamento para as assembleias. O boletim do CNE com os encaminhamentos deverá ser divulgado somente depois de recebida a nova proposta oficial da Eletrobras.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *