Greve dos petroleiros luta contra privatizações

Compartilhe este conteúdo

Nota da FNU em solidariedade e apoio à greve dos petroleiros

A Federação Nacional dos Urbanitários – FNU, em nota presta seu apoio aos trabalhadores do Sistema Petrobras em greve por serem contra o desmonte e a entrega do patrimônio do povo e pelos direitos dos trabalhadores!

Leia a nota:

A Federação Nacional dos Urbanitários – FNU – está solidária à greve dos trabalhadores e das trabalhadoras do Sistema Petrobrás, pela defesa de seus postos de trabalho, pela manutenção de seus direitos e contra à privatização da empresa.

O desmonte originado pelas privatizações já ocorridas no Sistema Petrobras vem causando danos irreversíveis com centenas de demissões injustificadas, retirada de direitos históricos da categoria petroleira e a redução de salários.  Os trabalhadores e as trabalhadoras estão firmes na luta, dando uma demonstração de que não vão aceitar que esta empresa símbolo da soberania nacional brasileira seja destruída pela sanha entreguista do governo Bolsonaro.

É preciso impedir que a política ultraliberal de Bolsonaro e Guedes coloque em xeque a nossa Soberania Nacional, uma vez que  transfere a exploração, produção e distribuição de petróleo e seus derivados às mãos de interesses de empresas estrangeiras, em detrimento de qualquer desenvolvimento nacional afetando a vida de toda a classe trabalhadora, e, sobretudo, do povo brasileiro.

A Petrobras é fruto da luta de milhares de brasileiros, ainda no governo de Vargas, que foram às ruas dizer que o “petróleo é nosso!” Um passaporte para o sucesso das gerações futuras, como disse o então presidente Lula.

Os trabalhadores urbanitários de todo país, que também sofrem ataques sistemáticos com ameaças de privatização das empresas de saneamento e do Sistema Eletrobras, estão juntos nessa luta com a categoria petroleira.

Defender a Petrobrás é defender o Brasil!

Unidos em defesa da soberania energética!

Vamos à luta!

Diretoria da Federação Nacional dos Urbanitários – FNU

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *