Governo chinês afirma esperar privatizações no Brasil

Compartilhe este conteúdo

Em comunicado oficial, Ministério de Relações Exteriores espera venda de estatais brasileiras

O Ministério de Relações Exteriores da China aproveitou o pronunciamento diá­rio na imprensa estatal para parabenizar o presidente eleito do Brasil, Jair Bolso­naro e afirmar que enxerga uma ótima oportunidade de negócios para o país, com a privatização das es­tatais brasileiras. O texto, publicado horas depois que o resultado das eleições brasileiras foi anunciado, fala da agenda do novo go­verno de “privatizar tudo” e das possíveis reformas da Previdência e tributária.

As empresas chinesas têm crescido no setor elétrico brasileiro, aumentando participações e comprando várias em­presas, o que evidencia a total ausên­cia de políticas estratégicas do governo para a economia e soberania nacional. Neste sentido, a continuidade das pri­vatizações iniciadas pelo Governo Te­mer no Governo Bolsonaro ampliará as ameaças à so­berania ao dar cabo de em­presas fundamentais em setores estratégicos, como água e energia. Além de por em risco o país, a pri­vatização de empresas pú­blicas não tem o apoio da população que reconhece o processo como danoso. O controle privado de áreas estratégicas e essenciais à vida não se converte em melhora no atendimento à sociedade e transforma em mercadoria aquilo que deveria ser um direito de todos.

O texto, publicado horas depois que o resultado das eleições brasileiras foi anunciado, fala da agenda do novo governo de privatizar tudo.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *