Frente Parlamentar em defesa do serviço público é lançada na Alesc

Compartilhe este conteúdo

Lançamento da Frente aconteceu na última terça-feira, dia 10 Por iniciativa do deputado Fabiano da Luz (PT), foi instalada a Frente Parlamentar em Defesa do Serviço Público na Assembleia Legislativa. Seu lançamento aconteceu na terça-feira, dia 10, no Plenário Deputado Paulo Stuart Wright do Parlamento catarinense. A medida atende ao pedido de cerca de 30 entidades sindicais.

“O nosso objetivo é retomar a pauta de debates sobre o serviço público em Santa Catarina e oferecer respaldo do Parlamento aos servidores e empresas públicas catarinenses. São trabalhadores e trabalhadoras que precisam do nosso apoio na luta pela garantia, manutenção e ampliação dos seus direitos e pela melhora das condições de trabalho, assegurando a prestação de serviços públicos de qualidade à comunidade”, declarou o deputado Fabiano, que vai coordenar a frente parlamentar.

“No Brasil, acompanhamos as (de)reformas que vêm sendo realizadas e que até o momento prejudicam, precarizam e destroem os direitos dos trabalhadores. Em Santa Catarina e no Parlamento Catarinense precisamos ouvir as vozes de todos os servidores que, através de seus sindicatos, clamam por melhorias nas condições de trabalho para que possam prestar um serviço público de excelência e qualidade”, argumentou o deputado.

A frente visa implementar “políticas públicas que possam fortalecer o serviço público e as empresas públicas, gerar mais renda, emprego, combatendo as desigualdades sociais e regionais que ainda são um retrato real de diversas regiões catarinenses”. No requerimento, Fabiano recordou que o governo catarinense, ao longo de sua história, constituiu empresas públicas que se tornaram indispensáveis e são referência à população, como a Celesc, Ceasa, Cepa, Ciasc, Casan, Cidasc, Epagri.

As empresas e os servidores públicos prestam relevantes serviços para os catarinenses e cumprem importante papel no desenvolvimento econômico e social catarinense. Para garantir um serviço público de qualidade, é preciso que tenhamos empresas públicas fortes e servidores públicos reconhecidos e valorizados”, enfatizou Fabiano.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *