Eletrosul: trabalhadores financiam luta jurídica contra a privatização

Compartilhe este conteúdo

Intersul arrecada contribuições para fortalecimento sindical

A partir da aprovação da MP 1031, que autorizou a Privatização da Eletrobras no Senado Federal e a respectiva sanção pelo Presidente da República, restou aos movimentos organizados em defesa da Eletrobrás Pública intensificarem a luta em outros campos de batalha, para além das ações políticas, indo inclusive até as vias judiciais.

Ações de Inconstitucionalidade da Medida Provisória, com elevados custos frente ao baixo poder econômico dos sindicatos estão sendo preparadas. Com vistas a arcar com estes altos custos, as entidades que Compõem o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE) e a Intersul propuseram nas assembleias realizadas em 22 e 23/07/2021 a Taxa de Fortalecimento Sindical.

A categoria deliberou por uma contribuição para sócios e não sócios, inicialmente em duas parcelas iguais e sucessivas de R$ 100,00 (cem Reais) cada uma. Se houver êxito na ação junto ao STF e suspensão dos efeitos da MP 1031, será necessária nova arrecadação para custear novas despesas e honorários da assessoria jurídica contratada.

Devido às Empresas Eletrobras não estarem dispostas a facilitar a ação sindical, a decisão em assembleia não foi suficiente para implementação do desconto em folha, sendo portanto necessária uma autorização individual de cada trabalhador disposto a contribuir com esta luta, que é de toda a sociedade brasileira.

Você pode autorizar o desconto em Folha de Pagamento imprimindo a autorização, assinando e enviando para um dos sindicatos da Intersul por e-mail ou ainda entregando pessoalmente a um dirigente sindical da sua base. A autorização pode ser obtida em https:// bit.ly/autorizacaointersul. Você também pode autorizar o desconto em folha preenchendo o formulário eletrônico disponível em https://pt.research.net/r/YH6MFJP.

Se preferir, pode ainda pode fazer um PIX através da chave 86439395000149 (CNPJ). Convocamos a todos os trabalhadores eletricitários a para apoiar e contribuir com as entidades sindicais nesta luta pela preservação da Eletrobras Pública, e reversão dos enormes prejuízos causados ao povo brasileiro e aos trabalhadores pela aprovação da MP 1031/21.

A categoria deliberou por uma contribuição para sócios e não sócios, inicialmente em duas parcelas iguais e sucessivas de R$ 100,00 (cem reais) cada uma.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *