Eletrobras: um prêmio para o pior presidente da história?

Compartilhe este conteúdo

Paulo Guedes indica permanência de Pinto Jr no cargo

O pior presidente da história da Eletrobras está prestes a ganhar um presente do governo eleito: permanecer à frente da maior empresa de energia elétrica da América Latina. Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, recomendou a Jair Bolsonaro que o atual presidente da Eletrobras, Wilson Pinto Jr, permaneça à frente da estatal.

Pinto foi alçado à presidência da maior empresa de energia elétrica da América Latina no governo Temer, com apoio de setores do PSDB. Embora o martelo ainda não esteja batido, uma possível manutenção de Pinto à frente da Eletrobras seria uma forma de confortar interesses tucanos no governo Bolsonaro.

Em nota de repúdio, divulgada na última semana, o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE) afirma “que o melhor para o Brasil é a saída do atual presidente que gere a empresa sem se importar com a soberania nacional, o respeito à história, o presente e futuro da provisão de energia, além de ser submisso às grupos financeiros nacionais e estrangeiros”.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *