Eletrobras: Intersul participará de mediação da PLR 2021

Compartilhe este conteúdo

Reunião com a Vice-presidência do Tribunal Superior do Trabalho será virtual

Os dois representantes da Intersul na Comissão que discute PLR com a Eletrobras estarão presentes na reunião virtual com a vice-presidência do Tribunal Superior do Trabalho, no dia 09/09/2021. A Eletrobras acabou por acatar o pedido de Mediação Pré-processual realizado pelo Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE), e a expectativa dos dirigentes sindicais é demonstrar no TST que a proposta da Eletrobras para o Termo de Pactuação da PLR 2021, a exemplo do que já ocorreu em anos anteriores, é bastante prejudicial aos trabalhadores, visto que repete as mesmas injustiças postas goela a baixo dos trabalhadores no passado.

São várias imposições da Eletrobras que esperamos que o TST afaste da negociação. Dentre as principais discordâncias do CNE quanto ao Termo de Pactuação, podemos citar, pagamento exclusivamente mediante lucro financeiro sem considerar uma parcela referente aos resultados operacionais, restrição de pagamento aos anistiados, desconto de 25% do montante a título de suposta dívida dos trabalhadores referente à PLR anteriores.

O CNE pretende afastar estas imposições da Eletrobras para que possamos concluir uma negociação mais tranquila e justa do que as negociações anteriores. No que diz respeito à PLR 2020, cuja a negociação já se encerrou, os trabalhadores aguardam apenas o pagamento pelas empresas, uma vez que o pagamento dos dividendos aos acionistas já foi anunciado.

Sobre as diferenças da PLR 2018, o CNE vem interpelando a Eletrobras que alega necessitar parecer da SEST sobre qualquer diferença a pagar aos trabalhadores com base no pagamento adicional de dividendos já realizado aos acionistas. O CNE ainda espera uma solução administrativa, no entanto os trabalhadores já deram autorização em assembleias para a tomada de medidas judiciais caso a resposta da Eletrobras seja negativa.

Novas informações sobre PLR e sobre a mediação serão atualizadas em boletim depois da reunião no TST e após a reunião com a Eletrobras marcada para semana seguinte, para tratar de pendencias relativas ao ACT, PLR, e dias parados durante a ultima mobilização em defesa da Eletrobras Pública.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *