Deputados denunciam eventuais atos lesivos ao patrimônio da Eletrobras

Compartilhe este conteúdo

Representação foi aberta em 16 de março, na CVM

Os deputados Arlindo Chinaglia (PT/SP) e Reginaldo Lázaro de Oliveira Lopes (PT/MG) ingressaram, na última semana, com representação na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) pela ocorrência de eventuais atos lesivos ao patrimônio da Eletrobras. De acordo com a petição, “recaem suspeitas sobre a elaboração irregular do balanço anual da Eletrobras, o que pode trazer dúvidas sobre esse elemento fundamental que balizará o processo de privatização da empresa”.

Ainda na petição, sobre a possível desvalorização da usina hidrelétrica de Belo Monte, operada pela Norte Energia SA (NESA), alegam que “tal operação é, no mínimo, suspeita, merecendo esclarecimentos por parte da Eletrobras e da Eletronorte”.

Os deputados pedem, por fim, que, se “confirmadas, em tese, a prática de ações contrárias à legislação de regência e ao interesse público, sejam adotadas as providências a cargo desta Autarquia, sem prejuízo de comunicação às autoridades competentes, para adoção de outras medidas cabíveis”.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *