Celesquianos realizam ato em defesa da Celesc pública e encaminham denúncias na Alesc e no Tribunal de Contas do Estado

Compartilhe este conteúdo

Trabalhadores ignoram ameaças da diretoria e realizam manifestações na sede da Celesc, na Assembleia Legislativa do Estado e no Tribunal de Contas do Estado

Os trabalhadores da Celesc realizaram um grande ato de repúdio à gestão da Celesc. Na última quinta-feira, dia 20, durante reunião do Conselho de Administração, trabalhadores de todo o Estado mobilizaram-se e ocuparam a administração central para protestar contra os golpes nas representações e contra o projeto privatista da diretoria da Celesc. Mesmo com ameaças de corte de ponto, os celesquianos demonstraram coragem e disposição de luta para defender a Celesc Pública e seus direitos.

Na pauta do Conselho, um novo golpe buscava validar o entendimento da Comissão Eleitoral e eleger um diretor em um processo ilegal e amplamente rejeitados pelos celesquianos, que não compareceram às urnas e não deram quórum na eleição realizada nos dias 05 e 06 de fevereiro. O golpe, apoiado pela Diretoria da Celesc que manifestou-se favoravelmente ao entendimento da Comissão, apesar de não ter homologado o resultado, era mais um atentado ao desejo democrático dos trabalhadores. A forte mobilização da categoria impediu que o Conselho apostasse no golpe, forçando a realização de uma nova eleição.

Infelizmente, apesar de não validar o golpe da Diretoria, o Conselho de Administração, com voto contrário do Representante dos Empregados, Leandro Nunes, decidiu apostar em um golpe dentro do golpe, modificando as regras da eleição para beneficiar os apoiados pela Diretoria.

Apesar do novo golpe, a manifestação da categoria deu início a um processo de luta contra uma gestão autoritária, que aposta na propaganda para disfarçar os ataques aos trabalhadores. Em uma gestão manchada pelo conflito de interesse do Presidente, os trabalhadores demonstraram união e comprometimento para defender o patrimônio público. E foi só o começo: há, ainda, muita luta para 2020!

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *