Após ameaça de diretoria, aposentados entram na luta

Compartilhe este conteúdo

Quando afirmou que este seria o pior ano da vida dos celesquianos, ameaçando impedir a entrada de um dirigente sindical aposentado na Celesc, a Diretora da Gestão Corporativa não imaginava o alcance da bravata, muito menos o repúdio de toda a categoria. A frase que se tornou, rapidamente, retrato de uma Diretoria que não respeita os trabalhadores e suas conquistas, repercutiu entre os companheiros aposentados da Celesc, que deram suas vidas laborais para construir a Celesc que, hoje, é a melhor empresa do Brasil.

Isaltino Pedron, aposentado e ex-diretor do Sintevi clamou aos trabalhadores que continuassem a luta em defesa da Celesc Pública, dando um recado à Diretoria: À Diretora que ameaçou impedir a entrada dos aposentados eu digo que nós vamos estar na luta. Se precisar, nós vamos encher vários ônibus de aposentados e ocupar a Celesc. Não precisa nem que os empregados da ativa saiam de seus locais de trabalho. Nós vamos fazer a luta”, afirmou.

Ao ameaçar os empregados, a Diretora inflamou a categoria à se unir e a se manifestar em defesa das conquistas, que foram feitas com a luta de várias gerações de celesquianos. Diante de quem não respeita a história, é preciso que todos os trabalhadores se unam para defender a Celesc e manter a construção de uma história coletiva na maior estatal catarinense.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *