Governo reafirma Celesc pública, mas reestruturação é porta para privatização

Compartilhe este conteúdo

Apoio a projeto de reestruturação põe em risco caráter público da empresa

Na última quinta-feira, dia 21 de março, o presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, anunciou em entrevista coletiva na sede da empresa, uma série de investimentosno Estado. Apesar de ser um avanço diante da postura anterior, ainda é muito pouco para quem afirmou que sua gestão seria baseada no diálogo.

Ao apresentar investimentos, Cleicio se esqueceu de dar crédito aos trabalhadores da empresa, que garantiram o financiamento do BID através de mobilizações e manifestações na Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, organizadas pelos sindicatos da Intercel. Estes recursos são fundamentais impulsionar o desenvolvimento econômico e social do Estado. Presente na coletiva, o Governador do Estado reafirmou a intenção de manter a Celesc Pública.

A fala do Governador contrasta, no entanto, com  o plano de reestruturação administrativa da empresa. Decidido a portas fechadas e sem debate com o povo, o planejamento apresenta riscos no atendimento à sociedade, tirando autonomia das Agências e abrindo as portas para a privatização.

Os sindicatos da Intercel aguardam a confirmação da data da realização de audiência pública sobre o tema, reforçando a luta em defesa da Celesc Pública e do bom serviço prestado à sociedade.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *