Eleição: o que pensam sobre direitos trabalhistas e sociais os presidenciáveis?

Compartilhe este conteúdo

Uma luz sobre as manifestações e propostas dos candidatos à presidência da República sobre os direitos trabalhistas e sobre a reforma da previdência

Em 2017 trabalhadores de todo o país se organizaram contra a destruição dos direitos trabalhistas e sociais dos brasileiros. Junto com outras categorias, os eletricitários foram às ruas em duas greves gerais para lutar contra a reforma trabalhista, a privatização das estatais, a reforma da previdência e a terceirização irrestrita, propostas pelo governo golpista de Michel Temer com apoio amplo dos derrotados nas eleições de 2014.

A reforma trabalhista foi aprovada e entrou em vigor final de 2017, acabando com direitos consolidados pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) ainda na década de 30 e trazendo um enorme retrocesso nas relações capital versus trabalho. A terceirização irrestrita também foi aprovada, relegando trabalhadores à condição de subempregados, explorados e expostos a riscos de saúde e segurança. Estes temas mobilizaram os trabalhadores em diversos atos.

Tanto na Celesc quanto na Eletrosul os empregados se uniram aos sindicatos da Intercel e da Intersul e foram às ruas lutar pelos direitos fundamentais para continuar atendendo a sociedade com qualidade e responsabilidade. Esta é uma defesa suprapartidária, ou seja, esta é uma luta que independente de qual partido estiver no poder, os sindicatos mobilizarão os trabalhadores.

Lutar por direitos trabalhistas e sociais e ajudar na construção de uma sociedade mais justa e menos desigual é o dever que move a organização dos trabalhadores desde sempre. Uma das armas mais fortes desta luta é o voto democrático. Por isso é fundamental conhecer as propostas dos candidatos à Presidência da República sobre as questões que mobilizaram os trabalhadores em duas greves gerais.

O que pensam Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad sobre reforma trabalhista e reforma da previdência? Quais as propostas de ambos os candidatos? Para responder estas questões e deixar claro a postura de cada uma destas candidaturas, novamente publicamos as propostas dos candidatos com base no levantamento feito pela Federação Nacional dos Urbanitários (FNU) e pela BBC Brasil.

 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *