Deputados propõem recriar Frente Parlamentar em defesa do serviço público na Alesc

Compartilhe este conteúdo

Até terça-feira, dia 12, proposição já tinha assinaturas de 6 deputados

O deputado estadual Fabiano da Luz (PT) é proponente de um requerimento na Assembleia Legislativa de Santa Catarina visando recriar a Frente Parlamentar em Defesa do Serviço Público.

Pelo documento, sugestão de Sindicatos de Trabalhadores e Federações de Santa Catarina (entre eles, os Sindicatos que compõem a Intercel), o objetivo é “apoiar, incentivar e assistir estudos; debater e acompanhar discussões de interesse social, econômico e político”.

Além disso, a Frente pretende também ajudar a construir e implementar “políticas públicas que possam fortalecer o serviço público, gerar mais renda, emprego, combatendo as desigualdades sociais e regionais que ainda são um retrato real de diversas regiões catarinenses”.

O deputado Fabiano descreve no requerimento que é preciso ouvir as vozes de todos os servidores que, “através de seus sindicatos, clamam por melhorias nas condições de trabalho, para que possam prestar um serviço público de excelência e qualidade”.

E que a “nossa defesa em favor das empresas públicas e dos serviços públicos gratuitos fortalece a garantia de uma educação pública e gratuita de qualidade, um sistema único de saúde universal, uma agricultura para a alimentação saudável, a defesa do emprego, do salário e das condições dignas de trabalho”. O documento cita algumas das principais empresas públicas que “prestam relevantes serviços para os catarinenses e cumprem importante papel no desenvolvimento econômico e social catarinense”: CELESC, CEASA, CEPA, CIASC, CASAN, CIDASC e EPAGRI.

Por fim, o documento cita que “para garantir um serviço público de qualidade, é preciso que tenhamos empresas públicas fortes e servidores públicos reconhecidos e valorizados”. Além do deputado Fabiano da Luz, proponente do requerimento, já assinaram o documento outros cinco deputados. São eles: Altair Silva (PP), Pedro Celso Zucchi (PT), Adriano Pereira (PT), Valdir Cobalchini (MDB) e Nazareno Martins (PODEMOS). O lançamento da Frente Parlamentar deve acontecer no dia 19 de abril.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *