Caravana Intercel percorre agências da Celesc mobilizando categoria para ACT 2021/22

Compartilhe este conteúdo

Intercel mobiliza categoria para unificação da pauta de reivindicações e luta

Com a pandemia de COVID-19, o trabalho de informação e mobilização da categoria para as negociações do Acordo Coletivo de Trabalho 2021/22 foi dificultado. No auge do isolamento social, os sindicatos que compõem a Intercel incorporaram as ferramentas digitais, se adaptando ao momento. Neste contexto, a Caravana da Intercel foi suspensa em 2020, sendo realizada de forma virtual.

Entretanto, no cenário de aprofundamento de ataques privatistas à Celesc e na necessidade de organizar a categoria para avançar em pautas prévias ao ACT, a Intercel retomou a Caravana. Originada do Movimento Unificado Contra as Privatizações (MUCAP), na década de 90, a Caravana possibilita que os dirigentes sindicais percorram os locais de trabalho informando e mobilizando a categoria para a luta em defesa dos direitos e contra a privatização.

Cumprindo com todos os protocolos de saúde e segurança diante da pandemia, pelas duas últimas semanas, a Intercel debateu com os trabalhadores o cenário político nacional e estadual no qual os trabalhadores enfrentarão as negociações do Acordo Coletivo de Trabalho. O avanço da privatização da Eletrobras e a investida da EDP para privatização da Celesc ameaçam os direitos e o caráter público da maior estatal catarinense.

Além disso, a “dança das cadeiras” que deu à EDP a Diretoria de Gestão Corporativa também aponta para enfrentamentos. Sob responsabilidade do presidente da Celesc, as negociações da PLR 2021 e do Ajuste do Salário Inicial tem sido proteladas pela Diretoria Com estas duas negociações urgentes a serem resolvidas antes do início das negociações do ACT, os sindicatos enxergam a real possibilidade de mobilização da categoria para dar um recado à administração da empresa: os trabalhadores não aceitarão negociar o ACT com demandas em aberto.

Com ampla participação dos trabalhadores, a Caravana da Intercel apresentou à categoria a necessidade de união e mobilização para avançar nos acordos coletivos e para defender a empresa pública. Em um cenário que aponta para desafios, a Assembleia Estadual que unifica a pauta de reivindicações dos trabalhadores se torna um ato político que demonstra a disposição de luta dos trabalhadores. A Assembleia será realizada de forma virtual, através do aplicativo Zoom, no dia 07 de Agosto. A Intercel encaminhará aos trabalhadores o link para participação no e-mail corporativo.

NÃO CARECEMOS DE MAIS
TEMPO
PARA PERCEBER O PAÍS
EM DESALENTO

NÃO CARECEMOS
DO PASSADO PARA
ENTENDER O PRESENTE
DESALMADO

NÃO CARECEMOS
DA HISTÓRIA PARA
ENXERGAR A ATUALIDADE
INGLÓRIA

CARECEMOS SIM DO
AMOR DAS GENTES
DOS DIAS MAIS ALEGREMENTE

CARECEMOS SIM DA
FRATERNIDADE DO AFETO
DA HUMANA BONDADE

CARECEMOS SIM DE
MANTER A ESPERANÇA
DE CONTINUAR LUTANDO
POR REAIS MUDANÇAS
CARECEMOS SIM!

POR DINOVALDO GILIOLI, POETA E ESCRITOR

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *