Ministro apoia ataques à Eletrobras

Compartilhe este conteúdo

Em ofício, MME parabeniza Pinto Jr. por ataque contra trabalhadores

O Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, encaminhou ofício ao Presidente da Eletrobras, Wilson Pinto Jr., apoiando os ataques aos direitos dos trabalhadores e a continuidade do processo de privatização da maior empresa de Energia Elétrica da América Latina.

De acordo com o texto, Albuquerque manifesta apoio à: “redução de custos; maior eficiência na utilização de recursos e melhoria na governança, tanto na Holding quanto em suas controladas”. Em outras palavras, o Ministro manifestou apoio do Governo Federal à pior gestão da história da Eletrobras, dando carta branca para a retirada de direitos, ataques e demissões, além de projetos de capitalização para venda da Eletrobras e de suas subsidiárias.

Durante a campanha eleitoral, o então candidato, Jair Bolsonaro afirmou que a Eletrobras não seria privatizada por ser estratégica para o Brasil. Em pouco mais de um mês a mentira foi desmascarada. Reverberando o anunciado por Paulo Guedes, Ministro da Economia, o Secretário de  Desestatização e Desinvestimentos do Governo Federal, Salim Mattar, anunciou logo após o desastre de Brumadinho (consequência das privatizações), que apenas Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Petrobras continuariam estatais.

O ofício enviado pelo Ministro de Minas e Energia apoiando a gestão de Pinto Jr. e os ataques contra os trabalhadores reforçam o caráter mentiroso da campanha presidencial e a clara intenção de entregar o patrimônio público a preço de banana.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *